Portugal
Notícia em Destaque

Grávida de nove meses é agredida na rua

O agressor é o companheiro da vítima, grávida de 9 meses agredida em via pública na última terça-feira em Alverca.

A vítima encontra-se hospitalizada em estado grave. A intervenção de um agente da Unidade Especial de Polícia, que passava de carro pelo local no momento da agressão, durante sua folga, evitou que o pior acontecesse.

O agente saiu em socorro da mulher, dominando o agressor e interrompendo as agressões.  Testemunhas afirmam que o homem teria debruçado sobre a vítima, tentando sufocá-la. De acordo com relatos de pessoas próximas à vítima, já houve outras situações de agressão. Esse é o terceiro filho do casal.

Esse é um problema recorrente nos casos de agressão dentro da própria família. Muitas vezes, por medo, as vítimas não denunciam as agressões, o que acaba por criar uma situação infeliz de normalidade, visto que o agressor volta a repetir o acto, criando um ciclo de agressões.

Num vídeo publicado no Youtube no canal Web Tv News, percebe-se o momento em que o policial de folga imobiliza o agressor. O homem foi detido pela PSP e foi ouvido no tribunal de Vila Franca de Xira.

Actualização

O acusado esteve presente a um juiz de instrução criminal no Tribunal de Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa, onde decretou a medida de coação de “proibição de contacto com a vítima”.

O suspeito vai aguardar o julgamento em liberdade, no entanto, está proibido de se aproximar da vítima.
Foi-lhe imposto ainda a proibição de permanência na habitação.

comments
Tags

Artigos Relacionados

Back to top button
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Close