Portugal

Missão das Nações Unidas no Mali: Militares da Força Aérea partiram para missão

Missão das Nações Unidas no Mali

35 militares da Força Aérea Portuguesa, partiram na noite do sábado 27 para se juntar aos 28 militares que seguiram no final da semana.

Os militares vão integrar a Missão Multidimensional Integrada de Estabilização das Nações Unidas no Mali (MINUSMA).

A este destacamento português juntar-se-á à missão, dentro de dias, uma aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa.

Esta missão tem como funções primárias, suportar a implementação de um acordo governamental entre os vários atores locais.

LEIA TAMBÉM: Praia Artificial de Mangualde aberta. Medidas de Segurança implementadas

Acordo que facilite a implementação da autoridade do estado Maliano permitindo-lhe exercer as suas funções básicas, proteger os civis, reduzir a violência intercultural e restabelecer os serviços sociais básicos em todo o território do Mali.

O Destacamento de 63 militares portugueses irá participar na missão, entre 1 de julho e 31 de dezembro, e terá como principais tarefas:

  • O transporte aéreo geral dentro do teatro de operações
  • O  transporte aéreo tático, de “Medical Evacuation (MEDEVAC)” e “Casualty Evacuation (CASEVAC)” , com equipas médicas da MINUSMA
  • A inserção de forças de operações especiais em altitude
  • E a “Intelligence Surveillance and Reconnaissance (ISR)”.

Aos militares que deixaram suas famílias para cumprimento do dever, um bem haja.

Fonte/Imagens: Forças Armadas Portuguesas

21Shares
Tags

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close